Desenvolvimento como farmacêutica internacional: 2000-

De forma a concentrar os recursos comerciais nos negócios farmacêuticos, a Takeda alienou os seus negócios de saúde animal, vitaminas a grosso, químicos de uretano, alimentação, agricultura e vida e ambiente como parte da sua estratégia de crescimento a médio prazo para 2001-2005.

A Takeda Pharma GmbH e as suas subsidiárias integrais, Takeda Pharma Ges.m.b.H na Áustria e Takeda Pharma AG na Suíça, tornaram-se subsidiárias detidas integralmente pela Takeda Europe Holdings B.V. No mesmo ano, a Takeda Pharma Ireland Limited foi estabelecida para reforçar a rede de fabrico global da Takeda. Esta fábrica de produtos farmacêuticos em grosso foi mais tarde integrada na Takeda Ireland Limited em 2009.

O bio-empreendimento Syrrx Inc. dos EUA foi integrado na rede global de Investigação & Desenvolvimento da Takeda e opera atualmente sob o nome Takeda California, Inc.
Na altura, a Syrrx tinha a melhor tecnologia do mundo de cristalografia de raios-X de alto rendimento uma técnica para a análise de proteínas. A integração da Syrrx representou a primeira expansão do programa de descoberta de medicamentos da Takeda fora do Japão.

A Takeda Pharmaceuticals Europe Limited liderou operações na Europa e acelerou estratégias com uma perspetiva de médio a longo prazo.

A conclusão da nova sede nos Estados Unidos para a Takeda Pharmaceuticals North America e para o Takeda Global R&D Center foi um passo importante para continuar a reforçar a presença da Takeda na América do Norte e fortificar as operações nos EUA.

A Takeda publicou um relatório anual integrado que incorpora informação não financeira sobre as iniciativas com direitos humanos, o meio ambiente e a comunidades, assim como informação financeira.
Para assegurar a nossa divulgação aos intervenientes da forma mais completa possível, compilámos também o Livro de Dados de RSE (Responsabilidade Social Empresarial). Este livro contém informação mais detalhada sobre os dados de RSE encontrados no Relatório Anual, num formato reeditado. Em consideração ao meio ambiente, o livro está apenas disponível em formato PDF e e-book.

Livro de Dados de RSE

Através da integração da Paradigm Therapeutics e da sua subsidiária em Singapura, a Takeda melhorou os seus motores multi-IND. A Paradigm Therapeutics Ltd era um bio-empreendimento estabelecido por investigadores da Universidade de Cambridge em 1999. A Paradigm já tinha desenvolvido um pipeline de produtos promissor, com novos alvos para desenvolvimento de medicamentos e compostos que se sobrepunham às áreas principais terapêuticas da Takeda. A Paradigm Therapeutics Ltd usa atualmente os nomes de Takeda Cambridge Limited (TCB) e Takeda Singapore Pte. Limited (TSP).

Através desta integração, a Takeda reforçou as suas funções de comercialização e desenvolvimento nos EUA, aumentando também a eficiências das suas operações comerciais. Num acordo com a Abbott Laboratories, a TAP tornou-se uma subsidiária integral da Takeda e fundiu-se com a Takeda Pharmaceuticals North America, Inc. (TPNA) e, subsequentemente, a função de desenvolvimento da TAP foi integrada na Takeda Global Research& Development Center Inc. (TGRD).

A Millennium é uma das empresas biofarmacêuticas lídere a nível mundial, com um forte pipeline de Investigação & Desenvolvimento na área da oncologia. A empresa é pioneira em investigação na área da homeostase proteica. Aproveitando os pontos fortes complementares da Millennium e da Takeda, iremos beneficiar de sinergias consideráveis e da excelência da Millennium no conhecimento, tecnologia e experiência na área da oncologia.

A Takeda Pharmaceuticals (Ásia-Pacífico) Pte. Limited (TPAP), sediada em Singapura, é responsável pelas operações estratégicas e comerciais na Austrália, Tailândia, Filipinas, Indonésia, Índia, Malásia e Singapura. Totalmente integrada na organização de desenvolvimento global, a Takeda Clinical Research Singapore (atualmente a operar com o nome TDC Asia) serve como centro regional para o desenvolvimento clínico não oncológico. A TDC Asia procura trazer produtos inovadores às pessoas através de um pipeline que inclui compostos em várias áreas terapêuticas.

A Takeda apoia os 10 princípios do Pacto Mundial das Nações Unidas relacionados com os direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anti-corrupção, tendo incorporado estes princípios em todos os aspetos das suas atividades comerciais. para além disso, a Takeda aprofundou as suas atividades de RSE estabelecendo uma organização dedicada, a esta função em 2009.

A Takeda tem formado parcerias contínuas a longo prazo com ONGs internacionais e outros grupos para apoiar os seus esforços para melhorar o acesso a cuidados de saúde para pessoas em países em desenvolvimento. A “Iniciativa Takeda” é um programa de financiamento de 10 anos, de 2010 a 2019, para dar apoio ao Fundo Global de Luta contra a SIDA, Tuberculose e Malária (o Fundo Global), ajudando a desenvolver a capacidade dos prestadores de cuidados de saúde em três países Africanos. Por exemplo, na Nigéria, em 2012 mais de 11 mil professores receberam formação em educação sobre a SIDA através de programas parcialmente suportados pela "Iniciativa Takeda", e mais de 1,2 milhões de estudantes receberam informação sobre a SIDA. Como resultado deste tipo de atividade, a taxa de infeção com VIH entre jovens na Nigéria tem estado vindo a diminuir.

A Takeda instituiu o Código de Conduta Global da Takeda como uma norma base de conformidade aplicável a todas as empresas do Grupo Takeda para ajudar a promover uma abordagem integrada a problemas de conformidade em todas as operações da Takeda, no mundo inteiro.

O Centro de Investigação Shonan está situado nas cidades de Fujisawa e Kamakura, na Prefeitura de Kanagawa. As novas instalações integram os centros de investigação de Osaka e Tsukuba como núcleo da rede global de investigação da Takeda para acelerar a inovação na descoberta de medicamentos. Cerca de 1 200 investigadores do centro irão trabalhar nas várias fases do processo de investigação e desenvolvimento, desde a identificação inicial de novos alvos para a descoberta de fármacos, à seleção de compostos candidatos, até à investigação não clínica e lançamento.

A integração da farmacêutica suíça Nycomed foi concluída em setembro de 2011. A Nycomed é uma empresa com uma forte presença na Europa e em países em desenvolvimento. Devido à integração, a Takeda expandiu o seu mercado para mais de 70 países e tem sido capaz de melhorar a sua estrutura de vendas e especialização de forma a fornecer produtos farmacêuticos a mais doentes e pessoal médico em todo o mundo.

Desde janeiro de 2011, como membro do programa LEAD do Pacto Mundial das Nações Unidas, a Takeda ajudou a liderar esforços comerciais em todo o mundo para implementar e disseminar os 10 princípios do Pacto relacionados com áreas como os direitos humanos, normas de trabalho, o meio ambiente e a luta contra a corrupção.

A Takeda está a apoiar a recuperação das zonas afetadas pelo grande terramoto do leste do Japão através da doação de alguns dos lucros. O Grupo também promove uma variedade de outros programas de apoio contínuo a longo prazo.

nos últimos anos, as vacinas têm tido um grande impacto na saúde pública a nível mundial. A Takeda decidiu de globalizar o seu negócio das vacinas, que tem estado ativo no Japão há mais de 60 anos. 

A Divisão Comercial de Vacinas tem levado a cabo uma série de medidas para reforçar o negócio das vacinas existente no Japão, bem como medidas para desenvolver vacinas pediátricas internamente, e melhorar o pipeline de Investigação & Desenvolvimento através do licenciamento de novos candidatos a vacinas e novas plataformas de desenvolvimento de vacinas.

・URL Pharma, Inc.: Adicionou o produto lider ao portfólio produtos para o tratamento de surtos de gota. 
・Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda.: Permitiu expandir largamente a  presença da Takeda e o portfolio de produtos no Brasil.
・LigoCyte Pharmaceuticals, Inc.: Permitiu reforçar o negócio de vacinas. (Atualmente Takeda Vaccines (Montana), Inc.)
・Envoy Therapeutics, Inc.: Permitiu reforçar a plataforma de descoberta de medicamentos para identificação de novos alvos.

A Takeda estabeleceu uma política global dedicada ao meio ambiente, saúde e segurança e promoveu iniciativas completas.
As atividades relacionadas com a SSA abrangem várias preocupações para a comunidade global, como a utilização de recursos hídricos e a conservação da biodiversidade. Planos futuros específicos incluem a avaliação e análise do impacto ambiental de produtos do grupo no seu ciclo de vida e uma abordagem detalhada à responsabilização ambiental através da utilização de LIME e outros meios.

Este tratamento para o linfoma de Hodgkin recidivante ou refratário e linfoma anaplásico de células grandes foi licenciado pela Seattle Genetics, Inc e lançado pela Takeda na UE em 2012 e no Japão em 2014. Para doentes que sofrem destas condições raras, este fármaco de prescrição médica proporcionará uma nova opção de tratamento.

Os Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEP) são um conjunto de princípios para empresas que oferecem orientações sobre como dar poder às mulheres no local de trabalho. Estes princípios são o resultado de uma colaboração entre a Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Género e a Empoderamento das Mulheres (UN Women) e o Pacto Mundial das Nações Unidas. A Takeda assinou a Declaração de apoio do CEO aos WEP em dezembro de 2013 e planeia seguir os sete princípios para melhorar as suas iniciativas para a promoção da participação ativa das mulheres nas atividades empresariais.

Através da integração da Inviragen, Inc. (sediada no Colorado, EUA), adquirimos candidatos inovadores para o pipeline de produtos e tecnologias de ponta para vacinas com vírus vivos, assim como para vírus inactivados, que melhoraram amplamente a nossa presença no mercado global das vacinas.

Nova terâpeutica inovadora que oferece uma nova opção de tratamento para doentes com doença inflamatória intestinal que não tenham respondido ao tratamento com produtos existentes, foi lançado pela Takeda nos EUA e na UE em junho de 2014.

Novo fármaco aprovado nos EUA em 2015 como o primeiro inibidor oral de proteassoma e é o resultado de décadas de investigação em mieloma múltiplo premiada com um Nobel.