Fundação-Modernização: 1781-1944

Há mais de dois séculos, em 1781, Chobei Takeda I de 32 anos abriu um negócio de venda de medicamentos tradicionais japoneses e chineses em Doshomachi, Osaka, o centro de comércio de medicamentos no Japão. A sua pequena loja comprava medicamentos de grossistas, que depois dividia em pequenos lotes e vendia a comerciantes de medicamentos locais e médicos. Isto era o começo da atual Takeda Pharmaceutical Company Limited.

Em abril de 1852, Chobei III demoliu a antiga mansão no sudeste de Doshomachi Nakabashisuji e construiu uma casa e armazém novos. Estes edifícios duraram aproximadamente 75 anos até à construção da sede, que começou em 1927.

Chobei Takeda IV leva outros comerciantes de medicamentos a voltarem-se para os medicamentos ocidentais. Forma uma cooperativa para a compra de medicamentos ocidentais em Yokohama e começam as transações com empresas de comércio estrangeiro. Os medicamentos ocidentais importados na altura incluíam quinina, um medicamento anti-malária e fenol, um medicamento anti-cólera.

A Takeda começou a importar diretamente de Inglaterra, dos E.U.A., da Alemanha, de Espanha e de outros países em 1895 e, em 1907, obteve direitos exclusivos de venda no Japão para produtos da empresa alemã Bayer. Como resultado, o negócio que começou como uma loja que vendia remédios japoneses e chineses aumentou de forma estável a sua seleção de medicamentos ocidentais, antes de se voltar totalmente para a medicina ocidental.

"Shokogigei Naniwa no Sakigake"(Kakinuki Yosuke Publication, Osaka, 1882)

Em 1895, a empresa adquiriu a Uchibayashi Drug Works para estabelecer a sua própria fábrica em Osaka e tornar-se fabricante de produtos farmacêuticos. Esta fábrica produziu produtos como subgalato de bismuto (um agente antidiarreia) e hidrocloreto de quinino.

Nesta altura, a Takeda começa a introduzir uma sucessão dos seus produtos. A Takeda expandiu de forma consistente o seu negócio farmacêutico e até começou a exportar para os EUA, Rússia e China.

 

 

Pouco tempo depois de começar o negócio farmacêutico, é formada a divisão de teste. A divisão de investigação, que pesquisou e desenvolveu novos produtos farmacêuticos, foi também formada em 1915. O sistema de Investigação & Desenvolvimento formado durante este período foi a base que levou ao crescimento da Takeda.

Em 1922, a empresa na esquina do lado esquerdo de Nakabashisuji, a partir de uma imagem de Kasukabe Kasumimura (desenho da rua das lojas).

A empresa foi constituída como Chobei Takeda & Co., Ltd., com um capital de 5,3 milhões de ienes e Chobei Takeda V como presidente. A empresa passou de um negócio privado e detido por um indivíduo, para uma organização corporativa moderna que integrava Investigação & Desenvolvimento, fabrico e marketing. A empresa mudou o seu nome para Takeda Pharmaceutical Industries, Ltd. em 1943 (o nome em inglês passou para Takeda Chemical Industries, Ltd. em 1961).

A Takeda Pharmaceutical Company fundiu-se com a Chobei Takeda &Co., Ltd em 1925 e tornou-se a principal fábrica da divisão farmacêutica.

Era usado para recolher, cultivar e usar ervas e outras plantas com valor medicinal de todo o mundo. Atualmente, o jardim conta com mais de 2 882 espécies de plantas, incluindo 104 espécies ameaçadas.

*Estabelecido como “Jardim Ervanário Takeda de Quioto”. O nome foi mudado para “Jardim Experimental de Quioto” em 1945 e depois novamente para o seu nome atual em 1994.

Durante mais de 60 anos, este instituto dedicou-se à preservação de microorganismos para suportar a investigação. Atualmente, serve de fundação de investigação dedicada ao avanço da ciência microbiana.