Gastroenterologia

Gastroenterology

Doenças gastrointestinais podem ser complexas, debilitantes e alterar vidas. Há mais de 25 anos, a Takeda e nossos parceiros de colaboração focam em melhorar a vida de pacientes ao oferecer medicamentos inovadores e programas dedicados ao apoio a doenças. A Takeda é líder em áreas da gastroenterologia associadas a grandes necessidades médicas não atendidas, como doença inflamatória intestinal, doenças relacionadas à acidez gástrica e distúrbios de motilidade. Nossa organização de P&D está investigando novos tratamentos para doença inflamatória intestinal, doenças celíacas e outras do lúmen intestinal, distúrbios de motilidade e doenças hepáticas.

 

Doença Inflamatória Intestinal 
retocolite ulcerativa (RCU) e a doença de Crohn (CD) são marcadas por inflamação no revestimento do trato gastrointestinal. A RCU causa impacto somente no intestino grosso, incluindo cólon e reto, enquanto a CD pode afetar qualquer parte do trato digestivo e afeta, predominantemente, o íleo. Não há causa conhecida para RCU e CD, embora muitos pesquisadores acreditem que a interação entre genes, sistema imunológico e fatores ambientais possa desempenhar um papel. 

 
Constipação Idiopática Crônica 
A Constipação Idiopática Crônica (CIC) é caracterizada por uma passagem difícil, infrequente ou incompleta de fezes durante um período prolongado, bem como diversos sintomas, que podem incluir dor e/ou inchaço abdominal. A condição, que afeta cerca de 14% da população adulta, tem muitas prováveis causas. Um dos possíveis problemas fundamentais é a debilidade ou disfunção da capacidade de movimentação do intestino, ao se contrair e relaxar naturalmente. A CIC pode afetar significadamente a vida de uma pessoa e aumentar a necessidade de cuidados médicos.

 
Síndrome do Intestino Curto 
A Síndrome do Intestino Curto (SIC) é uma condição grave, crônica e rara que pode acontecer quando uma grande parte do intestino é removida (ou extirpada) durante uma cirurgia. Após essa operação, a pessoa terá menos intestino grosso e/ou delgado. O intestino restante pode não conseguir absorver nutrientes suficientes de alimentos e bebidas. Isso é chamado de má absorção e deixa a pessoa em risco de sofrer diarreia, desidratação, transtornos de eletrólitos e desnutrição. Uma meta do tratamento da SIC é restaurar a capacidade do intestino restante de absorver nutrientes e diminuir a dependência de suporte parenteral (PS) no longo prazo. 

 
Doença do refluxo gastroesofágico 
A Doença do Refluxo Gastroesofágico, ou DRGE, ocorre quando o ácido estomacal produzido para digestão, repetidamente volta, ou sofre refluxo, para o esôfago. A azia, frequentemente descrita como dor ou queimação no peito, é um sintoma comum da DRGE. Outros sintomas incluem gosto amargo na boca, queimação na garganta e eructação. Com a exposição contínua do ácido estomacal, o esôfago pode ficar irritado e potencialmente ser lesado, uma condição conhecida como esofagite erosiva.