Ativar Acessibilidade Ativar Acessibilidade

Excesso de informações pode ser um gatilho para dor de cabeça

14 de março de 2019
  • Pesquisa1 aponta que consumo de conteúdo digital em exagero provoca esgotamento do cérebro e aumento do estresse

São Paulo, março de 2019 - Com um smartphone em mãos, bastam alguns segundos para acessar um vasto universo de informações. Essa velocidade do mundo digital deve avançar ainda mais com a conexão 5G, que se tornará realidade nos Estados Unidos2 e na Ásia ainda em 2018 e, dentro de dois anos, será difundida na Europa e América Latina. Se por um lado o ganho de agilidade no acesso e na troca de dados pode parecer uma solução, por outro tem se tornado um problema da sociedade moderna, desencadeando uma série de questões, como a dor de cabeça.

A sobrecarga de informações na era digital é apontada como um dos gatilhos para a dor de cabeça, de acordo com a pesquisa¹ “O futuro da dor de cabeça”, encomendada por Neosaldina®, marca de analgésico especialista em dor de cabeça, e conduzida pela WGSN
Mindset, divisão de consultoria da empresa líder global em pesquisa de tendências, WGSN. A capacidade do ser humano em processar e armazenar tantos dados não acompanha o ritmo frenético das transformações digitais, o que acaba por gerar esgotamento cerebral e aumento do estresse.

“Ambas as situações podem desencadear a dor de cabeça e devem ser combatidas por meio de uma aposta em um estilo de vida mais saudável e equilibrado”, reforça a Dra. Célia Roesler, diretora da Sociedade Brasileira de Cefaleia e vice-coordenadora do Departamento Científico de Cefaleia da Academia Brasileira de Neurologia.

Sem uma mudança de comportamento, a sobrecarga do excesso de informações acaba por diminuir a capacidade de foco, na mesma proporção que a tecnologia avança. O tempo médio da atenção do ser humano já caiu de 12 segundos em 2000 para oito segundos atualmente. Isso é menos do que o período de atenção de um peixe dourado, que é de nove segundos, segundo dados do Statistic Brain3.

Realizado no primeiro semestre deste ano, o estudo “O futuro da dor de cabeça” foi feito com base nos comportamentos da população e o resultado mostra que a maioria dos provocadores da dor de cabeça está relacionada a questões externas já conhecidas, como estresse e falta de sono, mas também a fatores emocionais e à crescente influência da tecnologia na rotina. Outros quatro gatilhos foram identificados: ansiedade, dor da pós-verdade, autoexigência e barulho.

 

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. NEOSALDINA® É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.

NEOSALDINA® Drágeas dipirona, mucato de isometepteno, cafeína. NEOSALDINA® Solução oral – Gotas dipirona, cloridrato de isometepteno, cafeína. Indicações: como analgésico e antiespasmódico, indicado para o tratamento de diversos tipos de dor de cabeça ou cólicas. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO3.
Registro MS 1.0639.0231


Sobre a Takeda Pharmaceutical Company Limited

A Takeda Pharmaceutical Company Limited (TSE:4502) (NYSE:TAK) é uma empresa global baseada em valores e orientada por Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). Líder biofarmacêutica, a empresa tem sede no Japão e seu compromisso é trazer uma Saúde Melhor e um Futuro Mais Brilhante para pacientes do mundo inteiro, traduzindo ciência em medicamentos altamente inovadores. A Takeda concentra seus esforços de P&D em quatro áreas terapêuticas: Oncologia, Gastroenterologia, Neurociências e Doenças Raras. Também fazemos investimentos de P&D específicos em Terapias Derivadas de Plasma e Vacinas. Nosso objetivo é desenvolver medicamentos altamente inovadores que fazem a diferença na vida das pessoas, avançando na fronteira de novas opções de tratamento: aproveitamos nosso sistema colaborativo de Pesquisa e Desenvolvimento para criar um pipeline robusto e diversificado para diferentes modalidades. Nossos funcionários também abraçam o compromisso de melhorar a qualidade de vida dos pacientes, trabalhando com nossos parceiros na área da saúde em aproximadamente 80 países e regiões.

Para outras informações, visite https://www.takeda.com


Sobre a WSGN

Plataforma pioneira em tendências e previsões. A WGSN foi a primeira a combinar tecnologia de ponta com a criatividade humana para atender às necessidades únicas da indústria criativa internacional. Informações e inspirações de todo o mundo podem ser acessadas com um só clique. Mantemos nosso cliente informado e à frente do mercado, podendo criar o futuro para seu negócio e para seus consumidores. Com mais de 250 especialistas em previsão de tendências e cientistas de dados em todo o mundo, nós ajudamos 6.500 empresas a se manterem relevantes e encontrarem as próximas oportunidades de crescimento. Junto com os nossos 74.000 usuários, criamos o amanhã ao unir pesquisa qualitativa com análises quantitativas e serviços personalizados de consultoria. 

Mais informações em: https://www.wgsn.com/pt/


Sobre a pesquisa

A pesquisa “O futuro da dor de cabeça” é uma realização da WGSN Mindset, encomendada pela marca Neosaldina®, da farmacêutica Takeda, para avaliar os gatilhos da dor de cabeça nos próximos anos. O estudo foi realizado em março de 2017 e foi utilizada a metodologia de desk research, olhando tanto para a plataforma WGSN, como para outras fontes secundárias.


Informações para a imprensa
Ketchum

Andressa Oliveira: andressa.oliveira@ketchum.com.br – (11) 5090-8900 R: 8897

Paloma Costoya: paloma.costoya@ketchum.com.br – (11) 5090-8924

Aline Veríssimo: aline.verissimo@ketchum.com.br – (11) 5090-8900 R: 8437

 

Referências bibliográficas

1.WGSN Mindset. Pesquisa O futuro da dor cabeça. São Paulo: WGSN Mindset para Takeda mar 2018. Foi utilizada a metodologia de desk research, olhando tanto para a plataforma WGSN, como para outras fontes secundárias.
2. Federal Communications Commission. FCC Speeds Acess Utility Poles to Promote Broadband 5G. Tipo (s) de Documento: Relatório e Ordem, Decisão Declaratória https://www.fcc.gov/document/fcc-speeds-access-utility-poles-promote-broadband-5gdeployment-0
3. Statistic Brain Research Institute. Attention Span Statistics. https://www.statisticbrain.com/attention-span-statistics/